Altar da Padroeira
Altar da Padroeira
A Padroeira da cidade é Nossa Senhora de Brotas, comemorada ao dia 8 de Setembro. Não se sabe a data exata do início da comemoração, mas apenas que ela se iniciou com uma lenda.

Conta a lenda que um agricultor pobre só tinha uma vaquinha, e com o leita desta alimentava sua família. Certo dia, a vaca sumiu e ele apelou à Nossa Senhora para encontrar o animal. Dias depois ele encontrou a vaca machucada numa grota do boqueirão, e a partir daí começou o culto a Nossa Senhora das Grotas, posteriormente Brotas.

Os festejos começam dia 30 de Agosto com o início das novenas, onde participam devotos e pessoas de toda a comunidade. Na manhã do dia 8 de Setembro, há uma alvorada em homenagem à Santa, e mais tarde uma Missa Solene com a participação de centenas de fiéis que lotam a Igreja Matriz. À noite, o clube da cidade, o Balneário, oferece um baile onde os jovens se divertem a valer.

Há mais de 20 anos existe o Encontro de Brotenses em São Paulo. Sempre no dia 7 de Setembro, brotenses ou os amigos destes, de reúnem para a Missa em louvor à Padroeira desta cidade tão querida, e para eles, tão distante. Em 2000, a Festa de Nossa Senhora de Brotas foi celebrada na Igreja de São João Vianey, na Praça Cornélia.

Em 1999, em Salvador, Rosalvo Júnior e com sua esposa Rosana (ambos Brotenses) organizaram uma Missa e depois uma feijoada que contou com a participação de muitos brotenses que se sentiram mais próximos de sua terra tão amada.